211 546 824 info@tecladigital.pt


25/11/15 | webdesign

Organizar um site

Neste breve artigo vamos apenas focar alguns pontos que o ajudarão a organizar o seu novo site e algumas dicas que podem ajudar no processo de pedir um orçamento a uma empresa de webdesign.

Prepare um documento de resumo

Antes de pedir um orçamento para a criação de um site a uma empresa de web design, deve antes de mais fazer uma breve síntese do que quer para esse novo site. Deve preparar um pequeno documento onde irá estruturar a informação a constar no site (mesmo que não seja a versão definitiva).

Pesquise na internet

Procure na internet alguns sites semelhantes ao que pretende criar para a sua empresa. Podem ser até sites de outras áreas de actividade.

Tome nota desses sites e pode até agrupar em dois tipos de sites:

  1. Sites com conteúdos semelhantes ao que pretendo
  2. Sites com layout (aspecto visual)dentro da linha de sites que quero para o meu.

Depois dessa pesquisa feita, ficará agora mais fácil organizar os conteúdos para o seu site. Recorde que a informação no site deve ser objectiva e sucinta, as pessoas que procuram os seus serviços ou produtos, não terão tempo e ou motivação para navegarem em muitas páginas do seu site.

Defina qual ou quais os públicos alvo

Depois de reunir os conteúdos principais e a estrutura da informação a publicar no novo site, deve tentar colocar-se no papel do seu potencial cliente e ver o que cada um deles irá procurar no seu site. Certamente que terá públicos com diferentes perfis. Defina esses mesmos perfis, pois podem ajudar a empresa de webdesign a organizar os conteúdos de forma diferente para cada um desse targets. Pode até chegar à conclusão que um desses grupos de clientes necessite de um site específico (por exemoplo um canal de vendas online) ou de um microsite.

Seja sucinto na informação a constar

Resuma os conteúdos a um mínimo de menus principais, o ideal é não ultrapassar os 5 a 6 menus principais. Sendo que alguns deles podem dividir-se em sub-menus. Mas atenção não exagere e evite uma estrutura onde a informação está dividida por muitas páginas.

A tendência actual é precisamente a oposta, concentrar os conteúdos num mínimo de páginas onde estas crescem facilmente na vertical. O uso do Facebook e dos tablets veio mudar um pouco a forma como navegamos agora deslizamos mais (scroll) e clicamos menos.

Em resumo

Se fizer algum “trabalho de casa” e apresentar à empresa de webdesign uma ideia mais concreta do que procura para o seu novo site, será certamente mais rápido todo o processo de orçamentação e certamente que só por isso os custos do site podem baixar. Pois trabalhar com um cliente que sabe o que quer é bem mais fácil do que com um que não faz ideia do que necessita 😉

Quer ajuda neste processo? Contacte-nos.